Over 10 years we helping companies reach their financial and branding goals. Onum is a values-driven SEO agency dedicated.

LATEST NEWS
CONTACTS
FAMÍLIA

O desenvolvimento do filho surdo na família ouvinte

O desenvolvimento do filho surdo na família ouvinte

Juliana Moraes Rocha

O respeito à identidade surda na família

Quando nasce uma criança, a família costuma ter muitas expectativas e sonhos a seu respeito. Mas quando alguma coisa sai diferente, é preciso que todos reorganizem suas emoções e pensamentos, para que se possa promover a criança um ambiente adequado para o seu pleno desenvolvimento. A criança surda, quando nasce numa família ouvinte, já desafia seus cuidadores a aprender outras formas de comunicação que até então não eram necessárias, mas que se tornam essenciais para que haja de verdade um vínculo entre pais e filhos.

Uma queixa frequente dos surdos é que a família se comunica de maneira que os exclui, e que os priva de informações importantes ou completas. Esse é um ponto a ser observado quando pensamos em respeito à identidade surda: se trata de compreender a pessoa surda como alguém que se comunica de formas diferentes, e que possui capacidade de compreensão e de participação, que possui direitos e deveres como todas as outras pessoas. A acessibilidade precisa começar dentro de casa, permitindo que se tornem conscientes e autônomos, com a possibilidade de alcançarem progressos em igualdade aos ouvintes.

Acima de tudo, lembre que a pessoa surda é PESSOA, antes de ser surda. 


Orientações para a família sobre o adolescer do surdo


A adolescência é um período da vida muito importante, no qual o jovem vai precisar rever tudo que vivenciou até então, comparando suas experiências com a de outros indivíduos e escolher alguns caminhos que irá seguir. Nesse processo, é normal que fique um pouco mais fechado em si mesmo, cheio de dúvidas e angústias, que precise experienciar situações diferentes do que o habitual e queira estar mais com pessoas da mesma idade do que com a família. Também é frequente que os adolescentes confrontem mais a autoridade dos pais, afinal estão buscando formar as próprias opiniões e descobrindo o empoderamento – atitudes fundamentais para que se tornem adultos autônomos.

De modo geral, a adolescência traz muitas aventuras e aprendizagens, e uma intensa necessidade de identificação – sentimento de pertencer a um ou mais grupos, espaços, de compartilhar as mesmas características, gostos e afinidades. Já é um enorme desafio para o adolescente ouvinte, e para o surdo talvez seja ainda maior. A surdez é complexa, e encontrar um grupo de afinidade é menos simples do que se imagina. Existem surdos que sinalizam, surdos que oralizam, surdos implantados, protetizados, não protetizados… Podemos dividir as possibilidades de identidade em “surda”, “ouvinte” ou “mista”, e mesmo esta classificação é simplificada demais para dar conta de tudo que o adolescente e sua família precisarão construir nessa fase da vida.

Na prática, é muito importante para o adolescente sentir-se apoiado pela família nessa busca pela identidade, e é fundamental investir na boa comunicação, independente de qual (ou quais) língua for escolhida.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *